Engenho & Obra - Associação para o Desenvolvimento e Cooperação, ONGD
 
 

English  

Segue-nos

Entidade Formadora Certificada

 
Pedro Bacelar Vasconcelos é Coordenador Nacional na Aliança das Civilizações, uma iniciativa da ONU
 
Pedro Bacelar Vasconcelos é Coordenador Nacional na Aliança das Civilizações, uma iniciativa da ONU
 
O Presidente da Assembleia-Geral da E&O, Pedro Bacelar Vasconcelos foi designado pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros como Coordenador Nacional para a Aliança das Civilizações, uma iniciativa das Nações Unidas para a promoção do diálogo entre civilizações, religiões e culturas e cujo alto representante é o ex-Presidente da República, Jorge Sampaio.
A nomeação ora efectuada, vem na sequência das decisões do I Fórum da Aliança das Civilizações, realizado a 15 de Janeiro em Madrid. O Presidente da Assembleia-Geral da E&O será agora o responsável pela elaboração de uma estratégia nacional que favoreça um maior conhecimento entre as diferentes culturas e religiões.

Pedro Bacelar Vasconcelos terá a responsabilidade de definir as linhas mestras da estratégia nacional destinada a contribuir para aquele objectivo, propondo, por exemplo, medidas que favoreçam o conhecimento entre as diferentes comunidades, a melhor integração dos imigrantes ou a promoção da diversidade, aliás, na linha da Missão da E&O. A sua larga experiência na área dos direitos humanos está patente nas funções que desempenha como vice-presidente da comissão para a Carta dos Direitos Fundamentais, como co-fundador do Observatório Europeu do Racismo, Xenofobia e Anti-Semitismo e ainda como membro da Comissão Para a Igualdade e Contra a Discriminação Racial, do Alto-Comissário para a Imigração e Minorias Étnicas.

É bem conhecida a sua ligação ao povo de Timor-Leste, onde colaborou no processo constituinte do novo Estado, tendo desempenhado funções de conselheiro do ex-Presidente Xanana Gusmão e tendo contribuído de forma decisiva para o Projecto do Centro Comunitário de Bidau-Massau, financiado por uma doação dos professores portugueses e actualmente em curso.
 
2008-02-11
 
« Voltar