Engenho & Obra - Associação para o Desenvolvimento e Cooperação, ONGD
 
 

English  

Segue-nos

Entidade Formadora Certificada

 
E&O junta-se ao apelo na Luta conta a Pobreza
 
E&O junta-se ao apelo na Luta conta a Pobreza
 

Dado tratar-se de uma iniciativa de grande significado da CONCORD - Confederação Europeia das ONG de Desenvolvimento a que a PLATAFORMA Portuguesa das ONGD (da qual somos membros efectivos) apoia, a E&O associa-se ao apelo:

ONGD apelam aos Europeus que votem contra a Pobreza

As Organizações Europeias para o Desenvolvimento vão lançar uma campanha em toda a União Europeia com o objectivo de destacar o papel da UE no mundo e encorajar as pessoas a votar nas eleições europeias que vão ter lugar de 4 a 7 de Junho de 2009,
Por toda a Europa, as ONG internacionais de desenvolvimento estão a organizar actividades, incluindo debates públicos, reuniões com políticos, campanhas de sensibilização, sondagens de opinião e assim por diante, destacando a responsabilidade global da União Europeia e o impacto das políticas da UE sobre o mundo em desenvolvimento. Os eleitores podem obter informações acerca das actividades em curso no seu país, visitando até 7 de Junho: http://10days4dev.wordpress.com
Numa altura de crise financeira, climática e alimentar e de economias interligadas, a acção internacional para resolver os problemas internacionais é mais importante do que nunca. Neste contexto, o Parlamento Europeu e os eurodeputados têm um papel crucial a desempenhar na definição das políticas europeias que afectam os pobres do mundo.

Os eleitores europeus terão de decidir qual a Europa que querem: uma Europa aberta, solidária com os mais pobres, independentemente da sua origem, ou por outro lado uma Europa que construi cercas e favorece um modelo económico que exclui milhões de pobres do mundo, como demonstrado pela crise financeira em curso ", diz Ester Asin, responsável pela campanha do CONCORD.

O CONCORD apela a uma Europa que:

  • seja coerente a nível social, económico, comercial e ao nível das políticas de segurança que promovam o desenvolvimento sustentável e cidadania responsável, tanto para os cidadãos da Europa como para os do resto do mundo;
  • respeite os seus compromissos no que respeita a mais e melhor ajuda ao desenvolvimento, que promova os direitos humanos e contribua para a redução da pobreza a nível mundial;
  • Seja transparente, aberta e responsável perante os seus cidadãos


-------------------------------
Revisto e adaptado de artigo com mesmo titulo no site da PLAFAFORMA, in:
http://www.plataformaongd.pt/site3/index.php?option=com_content&task=view&id=781&Itemid=1

 
2009-05-18
 
« Voltar